Smith fala sobre estreia nas 8 Horas de Suzuka: “pressão será grande”

Piloto da Tech 3 Yamaha admite que está sob pressão para obter um bom resultado na estreia nas 8 Horas de Suzuka

Bradley Smith, piloto da Tech 3 Yamaha na MotoGP, fará a estreia nas 8 Horas de Suzuka pela equipe oficial da fabricante japonesa, ao lado de Pol Espargaró – também da Tech 3 – e de Katsuyuki Nakasuga, campeão japonês de Superbike. Desde 2002 a Yamaha não alinhava uma equipe oficial em Suzuka.

Prestes a disputar uma prova que deve pesar bastante na escolha de pilotos da Tech 3 para a próxima temporada, Smith revelou que a pressão em cima dele e dos companheiros de equipe nesta prova para levar a Yamaha novamente ao topo em Suzuka é grande. A última vez que a marca venceu a prova de endurance foi em 1996, quando Colin Edwards e Noriyuki Haga conquistaram o triunfo.

“Sinto-me muito honrado por ter sido escolhido pela equipe oficial da Yamaha. Sei que é uma corrida muito importante para eles, especialmente no sexagésimo aniversário nas pistas e da estreia da nova R1. Ao mesmo tempo em que me sinto orgulhoso, sinto-me pressionado pela responsabilidade de andar bem. Há muita expectativa, mas sabemos o que precisamos fazer e a Yamaha forneceu para nós três um pacote fantástico”, destacou.

Além disso, o piloto elogiou a postura de Nakasuga, que tem sido uma espécie de tutor tanto para ele como para Espargaró, já que o piloto japonês não só tem experiência com a pista como também ajudou no desenvolvimento da nova moto.

“Nakasuga tem nos ensinado muitas coisas, pois ele ajudou a desenvolver a moto e tem muita experiência em Suzuka. Sabemos que a pressão será grande, mas todos nós queremos vencer e trazer o troféu de volta para a Yamaha”, afirmou.

Honda de Stoner: adversária a ser batida

Espargaró, por sua vez, disse que a equipe HARC-Pro Honda – atual campeã das 8 Horas de Suzuka – como a principal adversária na prova, ainda mais pelo fato de Casey Stoner, bicampeão da MotoGP, ser um dos pilotos da equipe.

“Certamente a HARC-Pro Honda é a equipe a ser batida, pois eles têm o suporte da fábrica, venceram as duas últimas edições e contam com pilotos fantásticos neste ano. Estaremos de olho neles, mas acima de tudo acreditamos em nossa moto e em nossa equipe. Somos capazes de superá-los”, cravou.

Para finalizar, o espanhol mencionou o tamanho do desafio que é a prova de endurance, especialmente por ser a estreia, e reiterou que entra na corrida para vencer. “Será um grande desafio participar desta corrida – que é algo novo para mim e para Bradley – mas daremos o nosso melhor para vencer esta prova para a Yamaha”, concluiu.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Bike
Evento 8 Horas de Suzuka
Pista Suzuka
Pilotos Bradley Smith , Pol Espargaro
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags suzuka 8 hours