Audi domina etapa belga da Blancpain GT Series e equipe brasileira finaliza em 3º e 4º

Frijns e Vanthoor vencem de forma absoluta a etapa da categoria Sprint. Brasileiros sobem ao pódio com Átila e Valdeno.

A etapa de Zolder da Blancpain GT Series Sprint, terminou com uma equipe belga e piloto belga na primeira colocação. Laurens Vanthoor e Robin Frijns terminou na frente, com o Bentley de Buhk e Mies em segundo. Os brasileiros Átila Abreu e Valdeno Brito fecharam em terceiro, com a segunda dupla da equipe Brasil em quarto, com Cacá Bueno e Sérgio Jimenez.

Na largada, ao dividir a curva, a Ferrari de número 333 acabou rodando e indo para a caixa de brita, com isso o BMW 77 guiado por Átila Abreu assumiu a segunda colocação e o outro carro brasileiro, pilotado por Cacá Bueno, assumiu a quinta colocação.

Voltas depois, o Audi de número 2 começou a perseguir o carro de Átila Abreu que se segurava na segunda colocação. O Audi forçou a passagem e chegou a bater duas vezes na traseira da BMW, quebrando a lanterna dianteira.

Com isso o Audi número 1 de Robin Frijns sumiu na liderança e abriu mais de cinco segundos de Átila. Mas faltando 42 minutos para o final da prova, finalmente o brasileiro foi superado pelo carro da Audi, que no momento era pilotado por Christopher Mies.

O próximo a atacar Átila era o Bentley 84, de Vicent Abril, enquanto Cacá Bueno se aproximava na da briga. A direção de prova resolveu punir Mies, do Audi 2, pois o alemão queimou a largada. Portanto o carro da equipe brasileira voltou para a segunda e colocação, enquanto Cacá subia para quarto.

Faltando 34 minutos do fim, a janela para pitstop e troca de pilotos foi aberta, Átila e Abril foram para a troca, o carro 77 agora tinha o paraibano Valdeno Brito. A parada da equipe brasileira foi muito lenta e o Bentley 84, agora guiado pelo alemão Maximilian Buhk.

Há 30 do final da prova, o líder Frijns foi para os boxes, para assumir Laurens Vanthoor, enquanto Cacá Bueno também parava para dar lugar a Sérgio Jimenez. Após a parada, Vanthoor abriu mais de 12 segundos em relação ao Bentley 84 de Buhk.

Faltando 19 minutos do fim, o Audi número 2, pilotado pelo alemão Enzo Ide rodou e ficou preso na caixa brita. As posições foram se mantendo até o final da prova. 

No final Vanthoor venceu, com o Bentley de Buhk em segundo e Valdeno Brito, com o BMW 77 fechando o pódio, em terceiro. Sérgio Jimenez finalizou na quarta colocação.

Confira o resultado da prova:

Pos Piloto Número Carro Dif Voltas
1 Laurens Vanthoor/ Robin Frijns 1 Audi   39
2 Maximilian Buhk/ Vicent Abril 84 Bentley +9.944 39
3 Valdeno Brito/ Átila Abreu 77 BMW +13.609 39
4 Sérgio Jimenez/ Cacá Bueno 0 BMW +14.041 39
5 Niki Mayr-Melnhof/ Markus Winkelhock 6 Audi +19.289 39
6 Jules Szymkowiak/ Tom Dillman 83 Bentley +21.671 39
7 Stéphane Ortelli/ Stéphane Richelmi 3 Audi +22.635 39
8 Marco Bonanomi/ Filip Salaquarda 75 Audi +29.817 39
9 Peter Kox/ Albert von Thurn und Taxis 88 Lamborghini +30.631 39
10 Craig Dolby/ Sean Walkinshaw 73 Nissan +40.606 39
11 Philipp Wlazik/ Nicolas Armindo 54 McLaren +58.120 39
12 Anders Fjordbach/ Thomas Fjordbach 74 Audi +1:02.487 39
13 Bernd Schneider/ Alexey Karachev 70 Mercedes +1:02.962 39
14 Enzo Ide/ Christopher Mies 2 Audi abandonou 26
15 Kevin Estre/ Rob Bell 55 McLaren abandonou 5
16 Marco Seefried/ Norbert Siedler 333 Ferrari abandonou 0
17 Marko Asmer/ Alexey Vasilyev 71 Mercedes não largou 0
           

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Blancpain Sprint
Evento Zolder
Pista Zolder
Pilotos Sergio Jimenez , Caca Bueno , Laurens Vanthoor , Christopher Mies , Atila Abreu , Valdeno Brito
Equipes Belgian Audi Club Team WRT , BMW Sports Trophy Team Brasil
Tipo de artigo Relato da corrida