Rússia impede entrada e destrói alimentos da BMW

Palco da sexta rodada dupla do DTM, Moscou é alvo de polêmica em razão do conflito político entre russos e o Ocidente

A tensão entre a Rússia e os países ocidentais chegou ao automobilismo. A BMW, que disputa o DTM (Campeonato Alemão de Turismo), enfrentou problemas nesta semana para transportar os seus alimentos para o país. Moscou recebe neste fim de semana a sexta rodada dupla da competição.

A empresa de catering da montadora germânica estava programada para entregar os alimentos em Moscou, mas foi informada na fronteira em Pskov de que a importação de alimentos específicos não estava permitida sem a documentação exigida.

De acordo com as informações divulgadas, havia problemas na documentação sanitária. Todos os alimentos foram confiscados e destruídos pelos russos. 

As autoridades do país estão mais rigorosas e proibindo a entrada de produtos alimentícios importados no país. Irritado com as sanções contra o país por parte do Ocidente em razão dos conflitos na Ucrânia, o presidente Vladimir Putin ampliou a restrição, especialmente contra a importação irregular. Recentemente, rodou o planeta uma imagem da incineração de toneladas de alimentos como tomates, pêssegos, carne de porco e queijos.

Além do problema com a BMW, os organizadores do DTM também tiveram transtornos com um caminhão transportando equipamentos para o Moscow Raceway. O veículo carregava 800 kg de alimentos, mas a carga foi confiscada e destruída.

A organização da BMW informou que, em razão do problema na fronteira, providenciou a compra de alimentos na Rússia para os seus membros.

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias DTM
Evento Moscou
Pista Moscow Raceway
Tipo de artigo Últimas notícias