A 34 pontos de Vettel, Alonso dá "nota 8" para Ferrari

Espanhol avalia positivamente primeira metade da temporada e reconhece que é difícil esquecer corridas ruins

Após nove etapas disputadas no Mundial deste ano, Fernando Alonso está em uma situação bem mais desconfortável em relação ao ano passado, quando liderava com 29 pontos de diferença. Mesmo tendo marcado apenas seis pontos a menos que na campanha de 2012, o espanhol está a 34 do líder Sebastian Vettel na tabela.

Mesmo assim, o espanhol dá uma boa nota para o ano da Ferrari até aqui. “Acho que as coisas estão bem e podemos dar um 8. Definitivamente não temos o carro mais rápido, mas é um carro muito completo, então diria que estou contente. Quanto a mim, não posso me dar uma nota. Melhorei muito desde os primeiros anos, ficamos mais completos, mas sempre dá para melhorar corrida após corrida com a experiência, com tudo”, afirmou o espanhol.

Uma das lições que o bicampeão aprendeu de 2001, quando estreou na pequena Minardi, até aqui é lidar com as corridas ruins. “Não é fácil esquecer uma corrida ruim”, reconhece. “Mas no final é seu trabalho e há coisas mais importantes na vida. Se uma prova vai mal, você sempre tem de pensar na outra, e não no passado.”

E, contrariando a tese de que “o segundo nada mais é que o primeiro dos perdedores”, o espanhol valoriza até mesmo as provas que não vence. “Às vezes [ser segundo] dá uma grande satisfação e às vezes é um grande desapontamento. Não há dois segundos lugares que sejam iguais, depende das circunstâncias da corrida e de quem é primeiro. Se for seu maior rival, é triste, mas se não for, é bom.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias