"A Williams tem todas as ferramentas para vencer", diz Bottas ao TR

Em entrevista exclusiva, companheiro de Massa em 2014 explica por que acreditar em uma virada na equipe

O engenheiro britânico Pat Symonds chegou à Williams há menos de seis meses, mas seu trabalho já traz dividendos à equipe e é um dos motivos para Valtteri Bottas, companheiro de Felipe Massa a partir do ano que vem, confiar que o time de Grove voltará ao caminho das vitórias.

Na segunda parte da entrevista exclusiva ao TotalRace, o finlandês de fala mansa e determinada fala ainda de suas qualidades: “Quero ser campeão do mundo o quanto antes.” Confira a 

TOTALRACE: Se você estivesse se apresentando para a torcida brasileira, quais diria que são suas qualidades?

VALTTERI BOTTAS: Sou jovem e faminto para ir bem. Só estou na Fórmula 1 para vencer. Também sou alguém que trabalha para a equipe e está pronto para dar duro e melhorar sempre. Quero ser campeão o quanto antes. Também sou paciente e entendo que é preciso algum tempo, mas realmente acho que, na Williams, temos todas as ferramentas para voltar às vitórias. Se não for já no ano que vem, acredito que será em um futuro próximo.

TOTALRACE: O que você acha que falta à Williams para o time voltar a vencer?

VALTTERI BOTTAS: Cometemos alguns erros no desenvolvimento do carro nos últimos anos. Ano passado, vimos algumas melhorias, mas esta temporada foi difícil. Ter pessoas novas como Pat Symonds vai nos ajudar muito. Acho que precisávamos de um líder técnico como ele e acredito que ele possa fazer coisas muito boas para nós. Nossas ferramentas na fábrica são muito boas: temos um bom túnel de vento, mais de 500 pessoas trabalhando. Acredito que temos tudo no lugar para voltar a vencer.

TOTALRACE: Você já consegue perceber a influência de Symonds na equipe?

VALTTERI BOTTAS: Sim. Primeiramente, as mudanças que fizemos em Abu Dhabi foram uma decisão dele e provocaram uma melhoria imediata. Além disso, ele está mudando a maneira da equipe trabalhar na fábrica e também o time que trabalha nas corridas.

TOTALRACE: Além dessa questão organizacional, ele também tem influência no projeto do carro do ano que vem?

VALTTERI BOTTAS: Acho que ele está muito próximo dos projetistas, está observando tudo de perto porque ele também tem muita experiência também nesta área.

TOTALRACE: Essa mudança que ele fez no escapamento do carro lhe ajudou muito nas últimas etapas do ano. É algo que você acha que pode levar para o ano que vem?

VALTTERI BOTTAS: Acho que sim, porque no regulamento do ano que vem o escapamento Coanda não será permitido, já que o escapamento deverá sair direto abaixo da asa traseira, então acho que isso é positivo para nós, pois nosso carro funciona muito melhor sem o efeito Coanda. Deve ser uma vantagem para nós.

TOTALRACE: Por que demorou tanto para vocês desistirem do efeito Coanda?

VALTTERI BOTTAS: É uma boa pergunta. Acho que realmente esperávamos tirar mais do efeito Coanda, pois as outras equipes têm muita vantagem com isso, mas parece que nunca conseguimos obter todo seu potencial. Agora é passado e estou muito feliz que tenhamos percebido o que estava errado com o carro e, finalmente, conseguimos melhorá-lo.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Valtteri Bottas
Tipo de artigo Últimas notícias