"Achei que tinha a chance de ser pole", lamenta Vettel

Segundo colocado no grid, alemão saiu decepcionado da classificação, mas torce para chuva na corrida

A Red Bull vem tendo um de seus melhores finais de semana no ano, colocando Sebastian Vettel no segundo lugar e Daniel Ricciardo, em quarto. Porém, o tetracampeão admite que chegou a pensar que a pole seria possível no GP da Hungria.

[publicidade]“Claro que sempre existe esperança”, disse ao TotalRace. “Achei, depois do Q2, que se fizéssemos tudo certo estaríamos mais perto no final. A volta de Nico no final foi muito boa, mas a diferença acabou sendo maior do que esperávamos. Eles ainda estão muito na frente, é difícil chegar neles.”

Mesmo com a diferença de quase meio segundo em relação ao pole, Vettel mantém a esperança de lutar pela vitória.

“Temos que esperar para ver como estará o clima, porque há a previsão de chuva. Vamos nos focar em nós mesmos, tentar ter uma boa largada e ultrapassar quem quer que esteja na nossa frente – nesse caso, só Nico. Historicamente, é difícil ultrapassar aqui e eles são bem mais rápidos de reta, então é mais fácil para eles do que para nós. O plano é atacar ao máximo. Precisamos acertar tudo para chegar perto deles.”

Perguntado sobre seu crescimento neste final de semana em relação ao companheiro Ricciardo – é apenas a quarta oportunidade em que larga na frente do australiano – Vettel explicou que está se sentindo mais confortável no carro em Hungaroring.

“Não acho que fui muito mais rápido que Daniel. Parece que o carro está vindo na minha direção por algum motivo, porque não temos nada novo no carro. Talvez as condições climáticas ou os pneus parece que me favoreceram. Fui ganhando confiança ao longo dos treinos, fui crescendo com a pista, o que não estava acontecendo.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias