Acidente de Bianchi é repeteco de batida de 20 anos atrás

No mesmo trecho da pista de Suzuka e também sob chuva, Brundle atropelou fiscal de pista em 1994

Chuva, carros aquaplanando, fiscais na pista e a direção de prova insistindo em continuar com a disputa: um acidente parecido ao que levou Jules Bianchi ao hospital no GP do Japão quebrou a perna de um fiscal de pista há 20 anos.

Logo nas voltas iniciais do GP do Japão de 1994, vários carros vinham tendo dificuldade em se manter na pista devido à chuva até que Gianni Morbidelli, da Footwork, bateu violentamente na curva Degner, mesmo local do acidente que acabou encerrando a prova japonesa antes do previsto neste domingo.

[publicidade] Mesmo que os fiscais estivessem na pista para retirar o carro do italiano, a corrida continuou normalmente, apenas com a bandeira amarela sendo acionada no local – exatamente o mesmo processo adotado atualmente.

Porém, devido às condições complicadas de pista, Martin Brundle, da McLaren, também perdeu seu carro e acabou atingindo em cheio um dos fiscais, que sofreu uma séria fratura na perna.

“Eu vi esse pequeno trator vindo na minha direção com o canto do olho e pensei: ‘vou morrer’”, relembrou Brundle. “De alguma maneira não o acertei e daí vi o fiscal. Bati nele. Vi seu rosto passando na frente do meu cockpit e então o carro continuou rodando. Quando finalmente parei, corri para ver como ele estava e o osso de sua perna estava saindo pelo macacão. Senti-me muito mal. Daí me chamaram para explicar por que eu tinha ignorado as bandeiras amarelas. Fiquei muito irritado porque, nestas condições, você nem vê as rodas dianteiras.”

Apenas após o segundo acidente, a bandeira vermelha foi acionada.

Neste domingo, a história foi parecida. Também com a pista molhada, primeiramente Adrian Sutil escapou. Os fiscais entrando na pista sob bandeira amarela localizada e Jules Bianchi perdeu o controle de sua Marussia. Contudo, o temor de Brundle ao escapar e ver o trator na pista acabou acontecendo com Jules Bianchi, que acertou o carro e sofreu lesões sérias na cabeça, no acidente mais grave da Fórmula 1 desde a Felipe Massa no GP da Hungria de 2009.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias