Acidente de Sutil frustra classificação da Force India

Alemão foi parar em 15º, enquanto Di Resta foi apenas o 18º; veja como foi o treino na ótica do fundo do pelotão

Sutil tinha vaga no Q3 quando bateu

A Force India tradicionalmente é uma equipe que anda bem e Spa e até fez pole position, com Giacarlo Fishichella em 2009. No entanto, uma rodada com Paul Di Resta e um acidente com Adrian Sutil acabou com a classificação do time. Veja a repercussão do treino de classificação no final do pelotão.

Adrian Sutil, Force India, 15º: “O que aconteceu foi uma pena porque o carro estava bom. Cometi um pequeno erro na Eau Rouge, subi na zebra e a traseira do carro escapou e me mandou para o muro. Acho que poderíamos ter classificado em uma posição muito forte.”

Paul di Resta, Force India, 18º: “Largar em 18º não é o que tinha em mente para meu primeiro GP da Bélgica. Decidimos sair no início do Q1, parar no meio e tentar nos aproveitar das melhores condições da pista no final. Infelizmente, começou a chover e fui pego de surpresa na chicane e rodei no que seria minha volta mais rápida.”

Heikki Kovalainen, Lotus, 17º: “Acho que podemos ficar contentes com a performance hoje. Tínhamos o plano certo para as condições. Não acho que poderia ter tirado nada mais do carro.”

Jarno Trulli, Lotus, 19º: “Outro bom dia para a equipe e parabéns para Heikki. Para mim, tudo ia bem até que o tráfego acabou com minha segunda tentativa, mas o carro estava bom.”

Timo Glock, Virgin, 20º: “Tivemos um problema no primeiro jogo de pneus, depois, com o segundo jogo, achei que a volta foi boa, ainda que pelos dados tenha parecido mais uma volta de rally!”

Jerome D’Ambrosio, Virgin, 21º: “Claro que estou um pouco descontente com o resultado, mas estou muito feliz com meu ritmo no final de semana. Erramos na estratégia, mas era difícil decidir.”

Vitantonio Liuzzi, Hispania, 23º: “Foi uma sessão muito intensa. Estávamos melhorando volta a volta, mas na minha última tentativa perdi oito décimos porque estava atrás de um carro mais lento. Acho que poderíamos ter chego em Glock.”

Daniel Ricciardo, Hispania, 24º: “Havia apenas uma volta em que você teria de tirar tudo, e a perdi. Também tive um problema mecânico, o que não ajudou. É uma combinação de coisas.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Jarno Trulli , Heikki Kovalainen , Vitantonio Liuzzi , Paul di Resta , Timo Glock , Jérôme d'Ambrosio , Adrian Sutil , Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias