Adrian Newey: "carro da Ferrari é convencional"

Diretor-técnico da Red Bull analisa carros dos adversários e se prepara para ter suas ideias copiadas

Newey, sobre ser copiado:

Adrian Newey não pára um minuto no grid de largada de uma corrida. Fica andando entre os carros, observando e fazendo anotações em uma prancheta. É uma cena até curiosa, já que o sentido das coisas é normalmente oposto: os outros copiam suas soluções. O TotalRace ouviu o diretor-técnico da Red Bull, que fez interessantes observações sobre os carros de alguns adversários.

“Fora o carro da Renault, os outros parecem ser apenas uma evolução. O carro da Ferrari é muito convencional”, afirmou Newey. “O da McLaren tem alguns diferenças grandes no visual, mas talvez mudanças menores na parte aerodinâmica. Mas acho que, de forma geral, todo mundo atingiu um estágio de desenvolvimento em que estão apenas evoluindo os carros do ano passado”.

Sobre o que lhe chamou a atenção no R31 da Renault, Newey foi direto ao ponto. “Eles tomaram um caminho diferente para o escapamento. Sinceramente nós não estudamos a solução em detalhes, mas eles foram corajosos e isso é bom”, disse.

Esse elogio às ideias criativas é natural vindo de alguém cujas inovações são fartamente copiadas pelos adversários.

“É ao mesmo tempo irritante e lisonjeiro. Se nosso carro não fosse veloz, as outras equipes não teriam interesse. Mas um dos problemas agora é que, com o orçamento que algumas equipes possuem, eles podem nos copiar rapidamente”, disse Newey.

Mas o pai do sucesso da Red Bull garante que não vai dormir no ponto e já acerta os últimos detalhes para mais novidades no RB7 para a próxima etapa, o GP da Espanha em Barcelona. “O nosso desafio é o de continuar crescendo para se manter na frente”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias