Alguersuari "puxa o trem" no segundo pelotão em Cingapura

Enquanto isso, parceiro Buemi bate no muro; confira declarações dos pilotos que ficaram na segunda metade da tabela de tempos

Alguersuari solta faísca em Cingapura

Jaime Alguersuari, Toro Rosso, 11°: "Estou muito contente em voltar a Cingapura. O nível de aderência está muito baixo e, no geral, não fiquei tão satisfeito com o carro. Não temos um bom quadro dos pneus macios. Ainda temos mais uma sessão para melhorar."

Vitaly Petrov, Renault, 14°: "Infelizmente perdemos o P1 pelo motor ter superaquecido, então voltamos ao antigo pacote. Sabemos o que temos de fazer para amanhã e o que pode ser extraído ao máximo do carro no fim de semana."
 
Heikki Kovalainen, Lotus, 18°: "Fiquei contente com nossa posição. O fogo foi menor que no ano passado e é incomum ver o freio grudar desse jeito, mas não foi um problema sério. Acho que dá para extrair mais alguns décimos."
 
Sebastien Buemi, Toro Rosso, 19°: "Conseguimos boas voltas no primeiro treino, e uma primeira impressão dos pneus macios. Na segunda sessão, com supermacios, cometi um erro e toquei o muro. Meu treino acabou ali, mas espero conseguir recuperar para a classificação."
 
Jarno Trulli, Lotus, 20°: "Não tive uma das minhas melhores atuações mas estou feliz com nossa posição. Não acho que mostramos a posição ideal do carro."
 
Timo Glock, Virgin, 21°: "Não foi bom o primeiro treino, com o tempo parado e o toque com Webber. O treino 2 não foi ótimo, mas um pouco melhor. Testamos variações de acerto e o caminho não é ruim, mas os 'long runs' foram difíceis para os pneus traseiros."
 
Jerome D'Ambrosio, Virgin, 22°: "Foi um dia interessante. Foi a primeira vez que andei de noite, foi quente e a corrida será longa. Em termos de performance, estou bem feliz. O ponto negativo foi ter danificado a asa traseira e o assoalho ao passar reto em uma zebra."
 
Daniel Ricciardo, Hispania, 23°: "Sabia que seria um grande desafio essa corrida e não me deixei abater. Gostei da pista: apertada e desafiadora. Não dá nem para piscar! Foi um dia positivo, mas ainda estamos atrás de nossos rivais. A meta e aproximar essa diferença na classificação."
 
Vitantonio Liuzzi, Hispania, 24°: "Estou contente com a sessão. Temos de ajudar poucas coisas. Tive um pouco de saída de traseira e mexemos um pouco no equilíbrio. Estou confiante para o fim de semana, mesmo com a punição de cinco posições."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Tipo de artigo Últimas notícias