Alonso: decepcionado com falta de título, motivado pelo vice

Asturiano admite que é doloroso perder, mas destaca evolução da Ferrari e novo objetivo, que é manter o segundo posto na tabela

Alonso: motivos para se dedicar no fim de 2011

Decepcionado, mas motivado: Fernando Alonso lamenta o fato de estar praticamente fora da briga pelo título, mas comemora a vice-liderança do campeonato contra carros mais fortes.

Depois da corrida deste fim de semana em Monza, o espanhol da Ferrari alcançou pela primeira vez a segunda posição na tabela. E manter esta colocação é a nova meta do bicampeão.
 
"Sou competitivo, não gosto de perder, acabar um GP sem vencer e, infelizmente, isso aconteceu muitas vezes neste ano. Você vê os outros festejando no pódio e pensa: 'no próximo, vamos tentar de novo'. É daí que vem a motivação", destaca.
 
"É fato que o título se foi, mas ainda há uma ótima motivação: queremos ganhar corridas e tentar manter a posição que alcancei no Campeonato de Pilotos", conta Alonso, que jogou a toalha em relação a 2011, mas não poupou elogios ao time e à sua performance, que foi uma correção dos erros de 2010.
 
"Estou orgulhoso e contente como está indo o ano, um progresso em relação a 2010. Estamos melhores nas paradas nos boxes, na largada, com menos problemas de pilotagem, como a falha na largada da China, o acidente em Mônaco. Buscamos limar os erros do ano passado", destaca.
 
"Isso resultou em um campeonato melhor e estou orgulhoso. O domínio é grande da Red Bull e nossa equipe está de parabéns com o segundo lugar no campeonato. É um trabalho bem feito, mas falta muito para alcançá-los", completa.
 
(Colaborou Luis Fernando Ramos, de Monza)
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias