Alonso desmente possível crise no relacionamento com Montezemolo

Espanhol disse que manteve contato constante durante as férias com o presidente. "Nossa relação é melhor do que nunca"

Após ter recebido um puxão de orelha do presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, no dia do aniversário, logo após críticas à equipe durante o GP da Hungria, Fernando Alonso fez questão de dizer que o relacionamento com o italiano é ótimo e que ambos mantiveram contato durante o mês de férias da Fórmula 1.

“Nossa relação é melhor do que nunca. Nos falamos quase todos os dias do Verão, não só de Fórmula 1, como das férias e família, de Madrid e da Juventus, que ganhou a Copa da Itália agora”, disse ao TotalRace em Spa-Francorchamps, na Bélgica.

“Portanto, a relação é ótima. Ele é um grande motivador. Ele é uma grande peça da equipe, uma grande peça da família que é a Ferrari e sabe manter sempre um ambiente incrível dentro da equipe.”

“Como dissemos na Hungria, este mês era o momento adequado para que surgissem muitos rumores. Todos precisam que vender jornais, mas na equipe o ambiente é melhor do que nunca.”

Alonso também falou do desafio de Spa, pista onde jamais venceu na F-1. “Como sempre digo, a confiança que tenho em todas as corridas é tentar dar o máximo para ir bem. Spa é um circuito onde nunca tive boas atuações. Temos que ser otimistas. De repente chega uma peça nova no carro, você ganha três ou quatro décimos e se coloca na luta com os melhores. Já buscamos isso há algumas corridas e estamos tentando melhorar.”

O espanhol também disse não ter problema com qualquer piloto, e que não influirá na decisão da Ferrari sobre seu companheiro de equipe em 2014. “Não tenho problema com nenhum companheiro. Esta é a sorte que têm os meus companheiros”, finalizou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias