Alonso explica como Ferrari já trabalha para o ano que vem

Em Cingapura, por exemplo, equipe usou novos freios e continuamente testa gasolinas e lubrificantes pensando em 2012

Fernando Alonso em Cingapura

Muito atrás da McLaren e sem ser ameaçada pela Mercedes, a Ferrari já está conformada com o terceiro lugar no Mundial de Construtores. Entre os pilotos, Felipe Massa tem outro ano para esquecer e a única briga que resta é de Fernando Alonso pelo vice. Sem muitos motivos para desenvolver o 150º Italia, a Scuderia vem utilizando as últimas provas de 2011 para estudar soluções para o carro do ano que vem.

“Há coisas, seguramente, aerodinâmicas que você pode testar, novas ideias, filosofias diferentes que possam dar esperança para desenvolver o carro ano que vem”, explicou Fernando Alonso.

“Em Cingapura, por exemplo tínhamos freios diferentes, que permitiam uma refrigeração máxima, porque aqui os freios são muito exigidos. Pois, se encontrássemos algo que ajudasse nesse sentido, poderíamos usar ano que vem. Temos trabalhado continuamente com a Shell para testar as gasolinas e óleos lubrificantes também.”

Perguntado se valeria a pena experimentar um carro baseado no uso do escapamento soprado, proibido para o ano que vem, o piloto da Ferrari lembrou que há outras áreas que merecem atenção.

“Tudo o que possamos aprender neste ano, desde como funciona a embreagem, até o aquecimento dos pneus, ativação de Kers, largadas, vale para o ano que vem.”

Um exemplo do que foi melhorado, de acordo com o espanhol, está nas largadas, com as quais sofreu no início do ano, mas que parecem ser um problema resolvido em Maranello.

“Temos visto que, nas últimas corridas, o carro tem largado muito bem e vamos tentar ao menos não perder isso.”

A vantagem de trabalhar no que for possível agora é tirar o peso de fevereiro, mês em que se concentram todos os testes com o carro de 2012.

“São coisas que acabam se amontoando muito em fevereiro, porque o trabalho fica concentrado em sete ou oito dias de testes. Portanto, estamos usando estas últimas corridas para isso”, afirmou, referindo-se aos dias de ensaios de pré-temporada aos quais cada piloto tem direito.
(colaborou Luis Fernando Ramos)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias