Alonso lamenta ausência na estreia da F-1 em 2015: “Será difícil não estar na Austrália”

Pelo Twitter, espanhol afirma que recomendação médica foi “um segundo impacto em menos de 21 dias”. Objetivo é voltar na Malásia

A ausência no GP de Melbourne, no dia 15 de março, foi encarada como um duro golpe para Fernando Alonso. Nesta terça-feira, através do Twitter, o piloto espanhol lamentou o fato de não participar da primeira corrida da temporada da Fórmula 1.

[publicidade]"Será difícil não estar na Austrália, mas entendo as recomendações. Um segundo impacto em menos de 21 dias", escreveu.

Alonso garantiu que não vai poupar esforços para estar no GP da Malásia, no fim de março. Em boas condições físicas, ele já voltou aos trabalhos físicos. A equipe médica da McLaren, entretanto, preferiu deixá-lo de fora de Melbourne para que não haja complicações por conta da concussão sofrida em Barcelona.

Seu substituto na Austrália será Kevin Magnussen, piloto reserva da McLaren.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias