Alonso levou uma semana para recuperar suas lembranças dos últimos 20 anos

Piloto não lembrava de sua estreia na F-1, seus títulos mundiais e as conquistas do Real Madrid; volta às pistas deve acontecer na Malásia

As primeiras reações de Fernando Alonso após perder a consciência por conta de uma colisão durante um teste em Barcelona foram preocupantes. Antes de ser submetido a uma longa bateria de exames por conta da concussão, o asturiano não conseguia lembrar de suas memórias nos últimos 20 anos. 
 
[publicidade]Questionado pelos médicos sobre quem era, o que fazia e o que queria para seu futuro, Alonso disse: "Sou Fernando, corro em karts e quero ser piloto de Fórmula 1". Não tinha qualquer tipo de lembrança sobre seus títulos mundiais, sua estreia na F-1 ou as conquistas do Real Madrid, seu time de futebol, na Champions League. 
 
Mesmo após receber alta dos médicos na Catalunha, precisou de uma semana para recuperar integralmente a memória. 
 
Apesar de estar em boas condições físicas, Alonso recebeu a recomendação da equipe médica da McLaren de não participar do GP de Melbourne, no dia 15, por precaução. Seu objetivo é estar de volta à F-1 no GP da Malásia, no fim de março. 
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias