Alonso: "Não há motivo para não lutarmos pelo campeonato"

Mesmo pedindo mais ritmo de sua Ferrari, espanhol lembra que lutou pelo tri em 2012 mesmo com começo ruim

Após o primeiro contato com o novo carro da Ferrari, Fernando Alonso mostrou-se confiante de que pode lutar pelo terceiro título mundial em 2013, mas não por qualquer característica especial do F138 e, sim, seguindo seu pensamento lógico: como as regras não mudaram muito do ano passado para cá, a tendência é que a Scuderia comece a temporada com um carro melhor do que nas primeiras provas de 2012.

“A única fonte de otimismo que tenho para 2013 é que lutei pelo campeonato ano passado com um carro que era 2s mais lento nos testes. Se superarmos esse começo ruim de 2012 – e pensarmos positivo – não há motivo para que não lutemos pelo campeonato só melhorando um pouco o carro”, afirmou o piloto, que foi vice-campeão na última temporada, a três pontos de Sebastian Vettel.

“O carro é mais ou menos o que esperava. É uma continuação do carro do GP do Brasil do ano passado, digamos. É uma sensação parecida – tenho o mesmo assento, os mesmos pedais, tudo igual. Foi um bom início – não como ano passado quando pilotamos o carro pela primeira vez e ficamos surpresos.”

Ainda assim, Alonso espera que a Ferrari melhore, pois o carro, apesar de ter evoluído bastante no decorrer do ano, ficou devendo nas últimas etapas de 2012 para os principais rivais.

“Mas o fato das regras não terem mudado muito não alimenta meu otimismo. Precisamos melhorar bastante o carro em relação ao ano passado. No final do ano estávamos bem longe da Red Bull e da McLaren. Estávamos no grupo da Force India, atrás de Lotus e Sauber. Precisamos estar no grupo dos líderes e é isso que estamos tentando fazer neste inverno.”

Após fazer sua estreia com o F138 na última terça-feira, o espanhol tem mais dois dias no cockpit da Ferrari. “Nós próximos dias há muito trabalho pela frente com os pneus, a aerodinâmica, algumas peças novas e claro que vamos focar em fazer muita quilometragem. Em Jerez tivemos alguns problemas mecânicos, então precisamos dar muitas voltas neste teste para provar que o carro é forte o bastante para correr.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias