Alonso pede contratações "mais importantes" do que De la Rosa

Espanhol reconhece problema com simulação na Ferrari, mas acredita que focar em aerodinâmica é melhor

Com a chegada de Pedro de la Rosa como piloto de testes responsável pelo desenvolvimento do simulador da Ferrari, Fernando Alonso ganhou mais um membro para sua “armada” espanhola no time italiano. Mas o bicampeão não esconde: preferiria um engenheiro capaz de melhorar diretamente a aerodinâmica de seu carro.

“Não acredito que o problema da equipe tenha sido os pilotos ou o simulador nos últimos anos, portanto deve haver contratações mais importantes neste ano. Perdemos os campeonatos nos últimos três anos porque o carro era lento e porque a aerodinâmica não era tão eficaz quanto de outras equipes. Então se aparece um especialista que desenha uma asa que dá três décimos, será uma mudança muito importante. Com Pedro, vamos ganhar experiência e segurança.”

O espanhol explicou que a função do novo contratado é tapar um buraco na parte de simulação da equipe. “Considero a chegada de Pedro muito positiva. Qualquer contratação, principalmente com a experiência de Pedro na McLaren, pode ajudar. Ele vem para o trabalho com o simulador, o que sabemos que é uma das partes da equipe que não eram realmente forte. Precisávamos de uma ajuda nesse sentido e se criaram circunstâncias favoráveis, pois Pedro ficou livre repentinamente.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias