Alonso prevê final de semana difícil para Ferrari na China

Espanhol destaca que pouco tempo entre corridas asiáticas não permite desenvolvimento do carro

Fernando Alonso em ação no GP da Malásia

Claramente atrás de Red Bull e McLaren na tabela e também em performance do carro, a Ferrari adota um discurso cauteloso para o final de semana do Grande Prêmio da China. O espanhol Fernando Alonso destaca que o pouco tempo entre esta prova e da Malásia como um fator complicador no trabalho de desenvolvimento do carro.

“Não vai ser um final de semana fácil para nós. Não há tempo para fazer grandes mudanças no carro, então eu espero uma performance difícil em relação às principais equipes. Mas a corrida vai ser longa”, afirmou.

A torcida de Alonso é para que o time repita pelo menos o quadro visto em Sepang, com um desempenho satisfatório ao menos no dia da corrida. “Vamos para a China ciente das dificuldades, mas sabendo que teremos oportunidades se fizermos as coisas direito. Vamos continuar trabalhando na direção certa, como fizemos na Malásia. Na classificação não fomos muito bem, mas na corrida, pudemos brigar com eles”, assinalou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias