Alonso: "Que o esporte ajude japoneses a superar momento difícil"

Espanhol afirma ter intenção de proporcionar bom espetáculo para para recompensar carinho de fãs locais, apaixonados pela F-1

Concorrida entrevista coletiva de Fernando Alonso

Na conversa com os jornalistas nesta quinta-feira em Suzuka, entre eles os do TotalRace, Fernando Alonso foi questionado, curiosamente, se está tomando cuidados em relação à radiação no Japão, por conta dos desastres naturais que afetaram as usinas nucleares de seu carro.

"Não estou fazendo nada especial no capacete ou no carro. As autoridades daqui afirmaram que não tem nenhum perigo e nenhuma precaução a tomar quanto a comida e radiação", comentou o espanhol, que destacou os esforços da Ferrari para tentar colaborar na reconstrução do país, que teve boa parte destruída pelo terremoto e subsequente tsunami do início do ano.
 
"Sei que a Ferrari trabalhou para juntar fundos e construir uma escola, e temos uma série de atividades ao redor do GP, tentando relembrar e apoiar os japoneses depois do que sofreram", destaca o asturiano, que se diz encantado com o público local, o país e sua cultura.
 
"Eles nos acolhem com muito carinho, são apaixonados. Vamos ver se podemos dar um bom espetáculo a eles, que os esporte os ajude a superar esse momento difícil. Esta é uma corrida que me encanta desde o aeroporto. Vim 11, 12 vezes para vá já e não deixa de me surpreender. A cultura, a maneira de fazer as coisas, é um país que gosto muito."
 
(Colaborou Luis Fernando Ramos, de Suzuka)
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias