Alonso reconhece que Ferrari não tinha ritmo para lutar pela vitória

Quarto colocado em Spa, o espanhol revelou que, mesmo quando liderava a prova, a equipe lhe informava a distância em relação a Button

Alonso chegou a liderar a prova, mas terminou em quarto

Mesmo tendo liderado a corrida por algumas voltas, Fernando Alonso sabia durante todo o GP da Bélgica que sua luta seria com Jenson Button pelo pódio. O espanhol, quarto colocado após largar em oitavo, reconheceu que a Ferrari não teve ritmo para duelar com as Red Bull em Spa.

“Passei muito tempo em segundo e mesmo liderando a corrida depois que o Safety Car entrou e, desde fora, é de se imaginar que poderia vencer a corrida. Mas o tempo todo a equipe me dava a diferença em relação a Button, que estava em 11º ou 12º. Sabíamos que era uma questão de tempo para que Vettel e Webber nos ultrapassassem.”

Alonso também adotou um ar de resignação em relação às chances de virada no campeonato.

"Está cada vez mais complicado, com uma corrida a menos e 25 pontos a menos disponíveis e a vantagem aumentou um pouco. Mas é como as coisas são. No momento, temos de dar os parabéns a eles, são os grandes dominadores do Mundial, fizeram todas as poles e muitas dobradinhas em corridas e nós não conseguimos alcançar este nível.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias