Alonso se espelha na McLaren para manter esperança de tri

Espanhol lembra que equipe inglesa "parecia que venceria todas as provas" e destaca importância de Massa

Mesmo tendo perdido a liderança do Mundial de Pilotos na etapa da Coreia após mais de quatro meses na ponta do campeonato e tendo visto seu principal rival, Sebastian Vettel, vencer as últimas três etapas, Fernando Alonso segue confiante de que pode conquistar o tricampeonato.

Um dos motivos para isso é a recente mudança na relação de forças entre as equipes. A McLaren, que parecia imbatível, com vitórias em Budapeste, Spa e Monza, foi superada pela Ferrari no Mundial de Construtores após cair de rendimento. “A McLaren, que há cinco corridas era a favorita e diziam que venceria todas as provas até o final, terminou quase fora dos pontos na Coreia e estamos em segundo no campeonato”, lembrou o espanhol, ouvido pelo TotalRace. “As coisas podem mudar rapidamente a acho que, por isso, precisamos continuar confiantes porque não acho que a Red Bull vai vencer todas as corridas. Precisamos aproveitar as oportunidades. Estamos seis pontos atrás do líder, mas há 100 em jogo. Temos uma boa chance de vencer o campeonato”.

Perguntado sobre o papel de Felipe Massa nessa briga, Alonso salientou que o brasileiro pode ajudar mais na luta pelo vice-campeonato entre as equipes do que na briga pelo título de pilotos. “Para os construtores, é muito importante, porque queremos permanecer à frente da Ferrari e, para isso, precisamos que eu e Felipe estejamos constantemente nos pontos e nos pódios. Se queremos lutar com a McLaren, precisamos disso. Estamos extremamente felizes com essa volta do Felipe. Em termos do campeonato de pilotos, não é uma grande ajuda, porque precisamos bater a Red Bull, não a McLaren. Para isso, precisamos de um carro melhor, não apenas de consistência”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso , Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias