Alonso se vê pressionado após erros na Malásia e no Bahrein

Terceiro no campeonato, a 17 pontos de Vettel, espanhol acha que não se pode dar ao luxo de perder oportunidades

Na China, Fernando Alonso chegou pressionado pelo erro de não trocar sua asa dianteira danificada, que acabou se soltando e causando seu abandono na Malásia. E venceu. Na Espanha, também havia o temor de que, após mais uma prova tumultuada no Bahrein, com a quebra da DRS, outro resultado ruim afastaria o espanhol dos líderes do campeonato. E o ferrarista novamente venceu.

Porém, mesmo com a conquista, Alonso garante que ainda se sente pressionado pelos erros em duas das cinco primeiras provas. E garantiu que ele e a equipe estão ainda mais cuidadosos.

“Não era uma pressão extra mas é verdade que precisamos ter corridas boas agora, e será o mesmo em Mônaco e no Canadá, quando nossa abordagem será de evitar quaisquer erros que possamos vir a ter”, afirmou o terceiro colocado no campeonato, a 17 pontos do líder Sebastian Vettel.

“Precisamos ter mais cuidado nas próximas provas em termos de erros de pilotagem, problemas mecânicos e de estratégia. Essas coisas às vezes acontecem, mas sinto que eu e o time estamos ainda mais focados nesta parte do campeonato porque sentimos que perdemos muitos pontos com coisas que não fizemos direito e agora precisamos trabalhar juntos para evitar isso.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias