Alonso: "Sebastian e Mark não melhoraram pilotagem desde Cingapura"

Espanhol se diz acostumado ao papel de desafiante, sem ter o melhor carro: "Foi assim na maior parte da minha carreira"

Lutando pelo campeonato contra um piloto que venceu as últimas quatro etapas e não dá sinais de que vai parar por aí nas três corridas finais, Fernando Alonso afirmou que está acostumado com essa posição de desafiante. Afinal, mesmo nos anos em que conquistou seus dois mundiais, não teve o melhor carro por todo o campeonato.

“Tem sido assim por uma boa parte da minha carreira e, ainda assim, muita gente diz coisas boas de mim, me consideram um dos melhores. Tentaremos melhorar os resultados nas próximas corridas, temos de acabar à frente de Vettel”, disse, ouvido pelo TotalRace.

O espanhol, no entanto, segue com seu discurso de que é o carro da Red Bull – e não o piloto alemão – que vem fazendo a diferença. “Não acredito que Sebastian e Mark tenham melhorado sua pilotagem de Cingapura até aqui. De repente, estão sempre em primeiro e segundo. Isso quer dizer que o carro que têm agora é tão superior que podem permitir-se cometer alguma falha, pois têm margem. Mas vamos trabalhar para que não tenham margem nas três corridas que faltam”.

Faltando as etapas de Abu Dhabi, Estados Unidos e Brasil, Alonso está a 13 pontos de Vettel, que conquistou a pontuação máxima, de 100 pontos, nas últimas quatro provas, enquanto o espanhol marcou 48.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias