Alonso trata de baixar expectativas após liderar a sexta-feira

Espanhol relembra outros treinos livres em que foi o mais rápido e não chegou perto das Red Bull na classificação

Alonso foi o mais rápido da sexta-feira em Valência

Pela terceira vez nas últimas três provas, Fernando Alonso terminou a sexta-feira com o melhor tempo – e o desfecho dos últimos dois Grandes Prêmios faz com que o espanhol seja cauteloso na hora de falar sobre suas chances no GP da Europa.

“Foi uma sexta-feira como as últimas, fazendo bons tempos, mas nas classificações temos ficado constantemente atrás dos rivais. Em Mônaco, ficamos em primeiro nas duas primeiras sessões, a nove décimos de Vettel. Amanhã, portanto, não acredito que possamos ter uma mágica repentina.” 

O piloto da Ferrari elogiou o carro, mas ainda considera que o 150º Italia está atrás de Red Bull e McLaren.

“Vamos enfrentar a classificação com esperança de ir bem, pois tanto o Felipe quanto eu ficamos entre os seis, sete primeiros nas duas sessões de maneira constante, mas isso já aconteceu outras vezes e a Red Bull fez todas as poles do ano. A McLaren também tem sido melhor que nós na classificação, então eles seguem muito mais favoritos pela pole.”

Mesmo com as duas zonas de ultrapassagem, o espanhol não espera que a corrida seja muito movimentada e prefere priorizar o acerto para a classificação.

“Como sempre, o ritmo de corrida vai ter fundamental, mas é certo que ultrapassar tem sido historicamente difícil ou impossível aqui em Valência. Não é tão extremo como Mônaco, mas não é fácil. Percebi hoje: em uma das minhas saídas, tinha um Sauber e um Mercedes na minha frente e não consegui ultrapassá-los, tive de tirar o pé. Mesmo com as duas zonas de ultrapassagem, creio que vai ser difícil, então é importante ter um bom acerto para a classificação. Sair da frente será bastante importante em Valência.”

Perguntado sobre como as mudanças no regulamento dos escapamentos atingem a pilotagem, o espanhol não quis entrar em detalhes.

São coisas muito complicadas para as pessoas, então acho que, quanto menos saibam, menos confusão vai haver. Todos falam do mapeamento de motores, mas são 10% de toda a proibição que existe, portanto nem vocês sabem dos outros 90%. É por isso digo que eu digo: é melhor que não saibam, porque a confusão já é grande.”

Com a insistência dos repórteres, Alonso se limitou a diminuir os efeitos do novo regulamento. “Não acho que as mudanças vão cortar a vantagem da Red Bull. É o que se tem dito toda a semana, mas não é o que acredito.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias