Alonso vê pilotos mais importantes em 2014: "Quero estar pronto"

Espanhol fala ao TotalRace sobre como é pilotar carro do ano que vem após experimentar simulador da Ferrari

O período de férias da Fórmula 1 terá duas “corridas” virtuais: enquanto engenheiros buscam o melhor desenvolvimento para os novos carros e motores, os pilotos tentam se adaptar o mais rápido possível à nova forma de guiar. Perguntado pelo TotalRace sobre as diferenças que sentiu ao andar com o carro novo no simulador da Ferrari, Fernando Alonso se mostrou preocupado em sair na frente.

“Vamos ver que tipo de estilo de pilotagem será necessário. Espero que as decisões dos pilotos se tornem mais importantes porque os engenheiros têm menos controle, digamos, e você tem de tomar suas próprias decisões na corrida. Então precisamos estar prontos para poder tomar essas decisões da melhor forma possível.”

O espanhol explicou que a evolução nesta época do ano ainda é muito grande para prever com precisão a melhor forma de pilotar os novos modelos.

“Toda vez que eu piloto no simulador, o carro está completamente diferente. Os passos que você dá nessa época do ano quando há uma mudança de regulamento são muito grandes. Quando pilotei da primeira vez – acho que foi em setembro – era muito difícil de guiar, mas agora está bem perto do carro de 2013 e espero que esteja ainda melhor na Austrália.”

Jenson Button destaca a diferença que o novo motor turbo V6 provocará na pilotagem. "Vamos ter bastante trabalho no simulador para nos ajudar a deixar a potência mais controlada, porque não acho que nenhum de nós está acostumado a ter tanto torque. Estou na Fórmula 1 há 14 anos e eu nunca tive tanto torque, por isso vai ser uma experiência nova.”

A principal preocupação do britânico é com as curvas de alta velocidade. "Acredito que o início vai ser difícil. Em curvas de alta velocidade, em que não se acelera por tanto tempo e você simplesmente não pode abaixar a potência, não vamos poder esperar por todo esse tempo. Não é como agora, com muito downforce e pouco torque, que você pode apenas andar, mesmo saindo de frente.”

Preparando-se para estrear na Red Bull na próxima temporada, Daniel Ricciardo não poderia ter uma opinião mais diferente dos dois campeões do mundo.

“Espero me acostumar com dois dias de testes. Acho que as coisas vão acabar se resolvendo – não acho que teremos que lidar manualmente com o Kers, por exemplo, isso será um trabalho mais para os engenheiros. Não acho que a pilotagem deva mudar muito e tomara que possamos forçar.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button , Fernando Alonso , Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias