Animado com vitória, Button se coloca na luta pelo título

Inglês está motivado pelas três vitórias da McLaren nas últimas cinco corridas: "devemos estar fazendo alguma coisa certa"

Button comemora com Hamilton, o pai e a namorada

Jenson Button sabe muito bem que não há nada como um dia após o outro. O piloto que, em  questão de meses, passou de quase desempregado a líder do mundial quando a Honda deixou a F-1 e Ross Brawn assumiu sua equipe, acaba de vencer na Hungria, depois de dois abandonos seguidos. Agora, falando a seu site oficial, o piloto da McLaren espera manter o bom desempenho – e até fala em lutar com Sebastian Vettel pelo campeonato.

Onde você coloca sua vitória na Hungria?
Jenson Button:
Foi uma das que me trouxeram mais satisfação. Tive de forçar durante a prova, e tive algumas batalhas muito boas com Lewis [Hamilton] com o clima mudando, o que não foi fácil na largada e quando começou a chover a 20 voltas do final. Tudo contribuiu para uma corrida divertida para os fãs. Foi muito divertido estar dentro dela! Com três vitórias nas últimas cinco corridas, acho que todos na equipe podem entrar na pausa de agosto se sentindo orgulhosos do trabalho que fizemos nos últimos meses e encontrar um ritmo competitivo no carro; vamos recarregar as baterias e voltar prontos para enfrentar Spa.

E foi seu 200º GP!
Jenson Button:
Foi uma maneira perfeita de celebrar a marca, em uma pista onde ganhei minha primeira corrida na F-1, em 2006. Tenho muitas lembranças especiais de Hungaroring, é um circuito muito bom e, como vimos, pode gerar ótimas corridas. Depois me disseram que foi a 10ª vitória da equipe na Hungria, o que é mais do que qualquer outro construtor e ainda a 100ª vitória para o Mercedes-Benz V8 2.4 litros, então uma corrida cheia de estatísticas.

O que seu pai, John, lhe disse após a prova?
Jenson Button:
Ele disse que estava orgulhoso. Acho que curtimos todo o final de semana porque ele esteve em todos os meus 200 GPs, exceto um (Brasil, 2001), e ele adora uma boa festa. Muitos dos caras que me apoiam – as pessoas que chamo de Equipe Button – estavam em Hungaroring, foi importante para mim tê-los por lá porque eles me ajudaram a chegar aos 200. Foi um ótimo momento olhar do pódio e ver meu pai, minha namorada, meu treinador Mikey (Collier) e minha equipe de empresários.

O MP4-26 era o carro mais rápido em Hungaroring?
Jenson Button:
Nosso ritmo de corrida era muito forte, mas não acho que havia muito entre nós, Ferrari e Red Bull. Ganhamos três das últimas cinco provas e cada um de nossos maiores rivais ganhou apenas uma neste período, então estamos fazendo alguma coisa certa. Vencer na Alemanha com Lewis e na Hungria comingo prova que a McLaren está forçando, desenvolvendo e desafiando os carros à nossa volta com um ritmo verdadeiro. Que venha Spa!

Você está em quinto no campeonato. Ainda pensa em vencer o campeonato?
Jenson Button:
Estou 100 pontos atrás de Sebastian [Vettel], então será desafiador, mas gostamos de um desafio! Nunca desisto, então vamos ver o que acontece. Vou tomar cada corrida como ela vier e olhar para os pontos no final do ano.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias