Após expectativa alta, Nasr é eliminado no Q1 e larga em 15º

Com motor e carro atualizados, brasileiro andou bem nos treinos livres, mas acabou não conseguindo o mesmo rendimento na classificação

O final de semana tinha começado bem para Felipe Nasr. Nos treinos livres, o piloto da Sauber andou bem – chegando a marcar o nono lugar na segunda sessão de sexta-feira. Tudo conspirava para um bom desempenho na classificação: atualização do motor Ferrari e avanços na aerodinâmica.

Veio o Q1 e, então, nada deu certo para Nasr. Reclamando de falta de aderência, o piloto da Sauber não conseguiu ir além do 16º lugar, sendo eliminado na primeira fase do treino classificatório. O brasileiro, entretanto, largará em 15º, já que Verstappen – que ficou logo à frente de Nasr – perde dez posições no grid por trocar o motor de sua Toro Rosso.

"O treino acabou sendo decepcionante, fiquei surpreso por não ter passado para o Q2 - o que era algo perfeitamente possível hoje. Eu me senti bem na primeira tentativa, mas na segunda eu simplesmente não tinha aderência. Precisamos analisar os dados para tentar descobrir o que aconteceu", contou.

Ainda assim, Nasr se mostrou esperançoso para a corrida, ressaltando as chances de ultrapassagem que a pista belga oferece. "Estamos em Spa, então qualquer coisa pode acontecer. A pista também oferece bons pontos de ultrapassagem e estou confiante de que posso ganhar algumas posições amanhã", afirmou.

A largada do GP da Bélgica está marcada para às 9h (de Brasília) de domingo.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pista Spa-Francorchamps
Pilotos Felipe Nasr
Tipo de artigo Últimas notícias