Após problemas, pilotos seguem sem sistema de luzes nos GPs

Avisos luminosos sobre a ativação de DRS e bandeiras amarelas e azuis não estão funcionando nesta temporada

Os problemas com a telemetria da FIA, que marcaram as quatro primeiras etapas do ano, não parecem que vão acabar tão cedo. Como o novo parceiro da entidade neste ano, a Riedel, não conseguiu fazer o sistema eletrônico de alerta de luzes funcionar a contento, as velhas bandeiras e placas devem continuar “quebrando um galho” no próximo GP, na Espanha.

Nas quatro primeiras etapas, os pilotos estão sem o sistema de luzes em seu cockpit, que avisa sobre a ativação do DRS, bandeiras amarelas e azuis, entradas do Safety Car, etc. O sistema de avisos em painéis eletrônicos, na pista, também não está sendo usado. Assim, os pilotos se guiam apenas pelas placas, linhas pintadas na pista e bandeiras agitadas pelos fiscais.

A FIA chegou a considerar retornar à parceria anterior, a EM, mas decidiu estender o prazo para a Riedel resolver os problemas.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias