Após prova ruim, Schumacher descarta despedir-se em alta da F-1

Alemão, que se aposentará no fim do ano, teve de abandonar 8 das 17 provas da temporada e não acha que sorte irá mudar

Schumacher durante GP da Índia

Depois de uma corrida decepcionante na Índia, quando foi tocado já na largada e passou boa parte da prova no meio das nanicas – sendo inclusive investigado por ignorar bandeiras azuis -, Michael Schumacher está pessimista quanto às últimas três corridas de sua carreira na F-1.

O heptacampeão disse que não espera uma despedida por cima neste final de temporada. “Seria bom terminar em alta, claro, mas eu não estou esperando por isso e nem sou muito sentimental quanto a esta questão”, disse o alemão.

Um dos motivos para a descrença de Schumacher é a quantidade de abandonos que ele teve ao longo da temporada. Incluindo o da última corrida, quando deixou a prova no final por problema mecânico. “Fizemos 17 corridas e abandonamos 8. É quase 50% e essa não é uma estatística a qual estamos acostumados”, disse Schumacher.

Sem poder brigar por boas posições, sobra ao piloto ajudar a Mercedes com o carro de 2013. “Enquanto eu puder brigar pelos primeiros lugares, farei o possível. Assim como tentarei ajudar o time a preparar as coisas para o próximo ano. Fora isso, é um tipo de trabalho normal”.

Schumacher, que está em 14º lugar no campeonato, com 43 pontos, já anunciou que se aposentará no final da temporada.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Índia
Pilotos Michael Schumacher
Tipo de artigo Últimas notícias