Aprender é a palavra de ordem para o estreante Perez

Mexicano da Sauber fala do sonho em disputar sua primeira prova na Fórmula 1 e da dificuldade de começar a carreira em Melbourne

Tudo é novidade para o mexicano Sergio Perez, que estreia na Fórmula 1 no GP da Austrália, neste final de semana. O piloto da Sauber, vice-campeão da GP2 no ano passado e campeão da F3 Britânica em 2007, admite que terá pouco tempo para se ambientar.

“Será um final de semana em que terei que me adaptar rapidamente a várias coisas – ao circuito, que é novo para mim, e a todos os aspectos de um grande prêmio, dos treinos livres à classificação e à corrida. Não imagino como será quando as luzes se apagarem no domingo, mas mal posso esperar para descobrir”, garantiu, por meio da assessoria de imprensa da Sauber.

“É um sonho que se torna realidade. Por muitos anos, sonhei em competir em meu primeiro grande prêmio de Fórmula 1 e agora vai acontecer. Estou muito empolgado e ansioso.”

Perez, que traz consigo o apoio da gigante mexicana de telecominucações Telmex, será o quinto piloto do país na categoria, sendo o primeiro em 30 anos. Hector Rebaque, que pilotou pela Brabham ao lado de Nelson Piquet, foi seu último conterrâneo a marcar presença na Fórmula 1.

Mas o companheiro do japonês Kamui Kobayashi não poderia deixar de lembrar do momento delicado pelo qual passa o país do colega, devastado por um terremoto de magnitude 8,9 na escala richter, seguido de um tsunami.

“Sem dúvida também estou preocupado com as pessoas no Japão e realmente desejo a elas o melhor.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias