Asa móvel em dois pontos da pista não preocupa Kobayashi

Japonês acredita que sistema é seguro e aponta pneus como principal incômodo para os pilotos em Montreal

Kobayashi quer esperar para ver se as duas zonas da asa funcionarão

Para Kamui Kobayashi, uma das sensações da temporada 2011 da F-1, a marcação de dois pontos de ativacao da asa móvel não sera algo muito arriscado no Canadá.

"Provavelmente será OK", disse Kamui, ouvido pelo TotalRace. "Vamos ver. Antes da temporada, todos reclamaram e disseram que não seria seguro. Após algumas corridas, ninguém reclama mais, parece que funciona bem. Acho que devemos tentar, não é perigoso", afirmou.

Para o japonês da Sauber, o problema maior será os pneus: "Esse pneu não é muito fácil e há muita sujeira na pista. O hairpin é um ótimo ponto para passar sem a asa, mas o ponto de freada tem muita sujeira e farelo de pneus, o que faz a gente perder aderência. Sem a asa, seria muito difícil de passar com esse pneu" continua.

Para Kamui, o ideal será fazer três paradas. "A média deve ser duas ou três voltas. Não dá para fazer uma parada. Não consigo dar mais de 20 voltas com o pneu supermacio", completa.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Kamui Kobayashi
Tipo de artigo Últimas notícias