Asa móvel pode ser proibida na Eau Rouge, diz BBC

Preocupação com segurança dos pilotos e estabilidade do carro na curva mais famosa da categoria faz FIA considerar opção pela asa no local

Lewis Hamilton contorna a Eau Rouge

De acordo com a emissora inglesa BBC, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) pode banir o uso da asa móvel na temida curva Eau Rouge do circuito de Spa-Francorchamps, palco do GP da Bélgica neste fim de semana.

A curva, uma das mais desafiadoras do calendário, é famosa por seus graves acidentes, como os de Jacques Villeneuve e Ricardo Zonta, em 1999, e a batida fatal de Stefan Bellof em uma prova de esporte protótipos no ano de 1985.
 
A entidade máxima do automobilismo teme pela segurança dos pilotos na curva, que geralmente é feita a quase 300 km/h. Um dos desafios dos pilotos é contornar a curva sem pisar no freio e a asa móvel é desativada justamente quando os pilotos pressionam o pedal do breque.
 
A situação é similar à do GP de Mônaco, quando os pilotos foram proibidos de acionar o dispositivo de redução de arrasto no túnel. A decisão deve ser tomada nos próximos dias.
 
No ano passado, a entidade também mostrou preocupação com a curva quando os pilotos tiravam a mão do volante para acionar o já banido duto frontal no curso da Eau Rouge.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Tipo de artigo Últimas notícias