Asa traseira da Ferrari não passa por vistoria da FIA e é banida

Equipe e entidade discutiram legalidade da peça por todo o dia de ontem; para Charlie Withing, trata-se de interpretação "inteligente" das regras

Ferrari terá que usar asa da Turquia

A Ferrari teve a asa traseira móvel que trouxe para Barcelona vetada pela FIA, após testes realizados na sexta-feira. Os técnicos avaliaram que a nova parte vai contra o regulamento técnico.
 
A escuderia italiana explorou uma redação não muito clara da regra para tentar ampliar a atuação de suas asas. Nos treinos de ontem, era clara a abertura maior que a normal no aerofólio traseiro do time. 
 
Durante o encontro com os jornalista, no qual o TotalRace esteve presente, o delegado de segurança da FIA, Charlie Whiting, disse, antes de qualquer decisão ser anunciada. "É uma interpretação muito inteligente das regras. Agora precisamos ver se é ou não uma interpretação correta das regras".

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Tipo de artigo Últimas notícias