Asa traseira móvel será ativada na reta principal de Hungaroring

Artifício para aumentar ultrapassagens passará por teste de fogo no travado circuito de Budapeste

Ativação da asa traseira será na reta principal de Hungaroring

A FIA anunciou que a zona de ativação da asa traseira móvel será colocada na reta principal do circuito de Hungaroring. É o local onde, no ano passado, Rubens Barrichello foi expremido por Michael Schumacher durante uma tentativa de ultrapassagem.

A ativação será 70 metros depois da tomada da última curva, e a detecção será logo antes da entrada da mesma curva, a de número 14 do circuito húngaro.

A asa traseira móvel enfrentará na Hungria um de seus maiores desafios. Com média de 15,5 ultrapassagens em corridas no seco e 16,1 em provas com chuva, trata-se de um dos circuitos mais travados do campeonato.

Para se ter uma ideia, após uma movimentada corrida no molhado em 2006, que marcou a primeira vitória de Jenson Button na F-1, as provas no circuito tiveram apenas três manobras nos dois anos seguintes, sete em 2009 e oito em 2010.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Tipo de artigo Últimas notícias