Asfalto é única preocupação da McLaren para o GP da Índia

De acordo com o chefe da equipe, Martin Whitmarsh, características do circuito devem favorecer o MP4-26

A McLaren vem de uma sequência de sete pódios

Um circuito com longas retas no qual a pressão aerodinâmica se faz necessária. Em um cenário como esse, no GP da Índia, que faz sua estreia dia 30 de outubro, a McLaren acredita que terá um carro competitivo. Pelo menos é o que espera o chefe da equipe, Martin Whitmarsh.

A equipe inglesa vem crescendo no campeonato, marcando presença no pódio nas últimas sete provas, sendo três vitórias – a última, no GP do Japão, há duas semanas.

“Acho que estivemos muito fortes no Japão e na Coreia, mas a Red Bull fez um bom trabalho. Espero que as coisas fiquem do nosso lado na Índia”, afirmou Whitmarsh.

A única preocupação do dirigente em relação ao novo circuito indiano são as condições do asfalto, fator desconhecido para todas as equipes.

“Não saberemos até chegar lá e vermos o asfalto. Tirando isso, não há motivo algum para que não possamos ser competitivos, mas tenho certeza de que a Red Bull também será e que a Ferrari vai tentar nos bater também.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Índia
Tipo de artigo Últimas notícias