Atrás da Marussia, Kobayashi ainda é otimista: “dia da Caterham vai chegar”

Time capitaneado pelo malaio Tony Fernandes, que enfrenta ano difícil, continua zerado na Fórmula 1

Depois de um abandono duplo no Canadá, e após o segundo acidente seguido do sueco Marcus Ericsson em uma classificação, a Caterham continua em baixa em 2014. Depois de ver a Marussia conquistar os primeiros pontos em Mônaco, o time procura agora melhorar para o recomeço da temporada europeia na Áustria.

"Tivemos um momento muito difícil no Canadá, mas vamos continuar lutando. Nosso dia vai chegar, eu tenho quase certeza disso, mas não era para ser neste fim de semana", comentou Kobayashi.

"Vamos dar uma olhada em tudo que aprendemos neste fim de semana, voltar para a fábrica, trabalhar e ir para a próxima corrida na Áustria prontos para lutar novamente."

Sobre a corrida, o japonês acrescentou: "Meu começo foi bom, e consegui evitar todos os detritos do acidente na primeira volta das Marussias. A gestão dos pneus com o Safety Car foi muito boa, mas depois de algumas voltas senti um problema com a traseira saindo da curva dois e tive que parar o carro. Quando eu saí, olhei e eu pude ver que era um problema na suspensão traseira."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias