Bahrein se diz pronto para receber a F-1

Presidente do circuito barenita afirmou que o país está calmo e que a corrida pode ser realizada ainda neste ano

Para barenitas, a questão é encontrar uma nova data para o GP

Em mais um capítulo da novela do GP do Bahrein, que deveria ter iniciado a temporada e foi adiado, os organizadores afirmaram que estão “prontos” para receber a Fórmula 1.

A adiação se deu devido a confrontos entre manifestantes e forças do governo, que já duram dois meses. Uma decisão definitiva seria tomada na semana passada, mas a FIA decidiu estender o prazo para um veredicto final.

Em entrevista à revista inglesa Autosport, Zayed Rashed Al Zayani, presidente do circuito, afirmou que a situação já está boa o suficiente para o país receber o evento.

“Se dependesse de nós, estariamos prontos, mas infelizmente a decisão não é apenas nossa. No começo do ano, optamos pelo cancelamento porque o país tinha outras prioridades. Agora, porém, as coisas estão calmas, a vida voltou ao normal.”

O barenita garantiu que outros eventos esportivos internacionais estão confirmados e acredita que o próximo passo será encontrar uma data para a realização do evento.

“Temos de encontrar uma solução com a FIA. Depois disso, eles vão precisar trabalhar mais do que nós para encontrar uma data. Estamos lá em qualquer dia do ano.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias