Barrichello: duplamente ansioso para início do ano

Brasileiro de 38 anos conta os minutos para a largada, mas admite que a suspensão da corrida no Bahrein foi boa para curtir mais a família

É difícil imaginar um piloto com 38 anos, sendo 19 deles apenas na Fórmula 1, ansioso para alinhar no grid de largada. Mas isso acontece, como revela Rubens Barrichello.

O piloto mais experiente do grid afirmou que essa ansiedade foi duplicada por conta do cancelamento do GP do Bahrein, mas admite que a suspensão da corrida em Sakhir foi boa para ele curtir mais a família.
 
"Todos estão duplamente empolgados para a primeira prova, pois já éramos para ter corrido neste momento. Foi ótimo ter mais tempo para ficar em casa com as crianças, mas quero começar e mal posso esperar para ver as luzes vermelhas de apagarem", afirmou.
 
Barrichello também revela que sonha com a forma que a largada vai se desenrolar, mas sabe que, na pista, tudo será diferente. "É sempre um momento excitante quando todos alinham no grid sem pontos na bagagem. Sempre fantasio como será, mas mantenho os pés no chão e o foco na corrida. Estou absolutamente positivo."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias