Barrichello: "em uma semana, não muda muita coisa"

Aniversariante da semana, brasileiro não cria muitas esperanças para a corrida deste domingo no Principado de Mônaco

Barrichello: nova rotina é disputar contra a Hispania
Sem muitas esperanças para o GP de Mônaco de F-1, um dia após completar 39 anos de idade, Rubens Barrichello não acredita que muita coisa irá mudar neste fim de semana.
 
Alterações, diga-se, não acontecerão em seu carro, uma vez que a Williams não levará partes novas para o Principado. Por isso, o brasileiro acredita que só conseguirá algum ponto se colocar o seu carro em uma boa posição no grid.
 
"Mônaco é um lugar onde há poucas ultrapassagens. De certa forma, largar na frente dá uma esperança de chegar bem. Fora isso, não sei", comenta o aniversariante da semana.
 
"Não é que vai se alterar completamente o que está acontecendo. Em uma semana, não muda muita coisa. Mas se a gente conseguir largar na frente, dá para marcar um ou dois pontos. E só", completa.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias