Barrichello: "Estratégia foi para o brejo com Safety Car"

Brasileiro amargou a 17ª colocação na prova depois de péssima largada e de ficar exposto a pilotos mais rápidos no final

Barrichello ficou atrás do companheiro Maldonado

Após mais uma prova decepcionante para a Williams, que terminou com Pastor Maldonado em 14º e Rubens Barrichello em 17º, o brasileiro revelou que um misto de largada ruim e má sorte com o Safety Car acabou com sua corrida.

“Na largada, o carro quase morreu, e então eu tive de recuperar um montão. Acredito que o ritmo da primeira parte da prova estava ótimo, mas o Safety Car acabou com tudo porque aqueles que estavam lentos no início colocaram pneu macio no final e aí a estratégia foi para o brejo.”

Falando sobre o bicampeonato, Barrichello foi sucinto: “É o melhor do momento. Merece.”

O companheiro de Barrichello, Maldonado, também teve uma largada ruim e teve de se recuperar na prova.

“Tivemos uma largada difícil com os pneus médios e nosso ritmo no primeiro stint foi duramente penalizado por isso. Depois que trocamos para os macios, éramos muito rápidos, talvez o melhor em relação ao resto do final de semana, mas já era tarde demais.”

(colaborou Luis Fernando Ramos, de Suzuka)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Rubens Barrichello , Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias