Barrichello prevê fim de semana difícil na Alemanha

Brasileiro da Williams admite que evoluções trazidas para Nurburgring não deram certo, mas não descarta somar pontos

Barrichello: velocidade em Nurburgring apenas na foto

Enquanto muitos pensam em previsão de sol e chuva, a única perspectiva de Rubens Barrichello para Nurburgring é a de um fim de semana difícil.

O brasileiro da Williams andou em 14º na segunda sessão de treinos livres para o GP da Alemanha, nesta sexta-feira, mas admitiu que os updates trazidos não funcionaram.
 
"A gente teve algum problema na tradução do túnel de vento. Nada do que a gente trouxe teve muito efeito", confessa o brasileiro, que compara a evolução com a de outros times e detalha os problemas.
 
"A Force India é uma que está indo muito para a frente e nós estamos parados. A asa dianteira melhorou o carro, mas nem um décimo, enquanto a traseira não funcionou e tivemos de tirar. Este fim de semana, se não for pela chuva, será difícil pensar em competitividade."
 
Contudo, nada está perdido, segundo o vice-campeão de 2002 e 2004: "É um fim de semana que ainda dá para pensar nos pontos. Em Nurburgring muita coisa pode acontecer. O pneu aqui está muito duro, e estou vendo muita gente bloqueando rodas. Isso pode enquadrar o pneu e provocar um pit a mais. Podemos ganhar em cima disso."
 
Barrichello também faz uma avaliação dos compostos trazidos pela Pirelli, se queixando dos compostos duros: "Os pneus estão mais duros que precisariam ser. Está difícil de manter o carro na pista, e este é um desafio que temos para o fim de semana inteiro. É difícil fazer uma estratégia com o pneu duro por um longo período. Será aquela coisa de muitas paradas com os pneus moles e poucas com o duro. A não ser que a pista mude demais."
 
(Colaborou Felipe Motta, de Nurburgring)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias