Barrichello se preocupa com pedaços de pneu na pista da Turquia

Brasileiro teme que pilotos tenham que usar “luva de motoqueiro” para evitar serem ‘alvejados’ pelos detritos dos Pirelli

Barrichello está preocupado com os detritos em Istambul

O alto desgaste de pneus previsto para o GP da Turquia, disputado no abrasivo circuito de Istambul Park, não preocupa apenas as equipes em relação à estratégia de prova. De acordo com Rubens Barrichello, os pilotos andam sofrendo com os pedaços de pneu que os Pirelli deixam na pista.

“Não acredito que o problema seja tanto o desgaste, mas sim a borracha que está saindo do pneu. Não é como o graining do passado, são pedações que saem do pneu”, afirmou ao TotalRace.

O problema deve ser maior na curva oito, que tradicionalmente consome muita borracha.

“Eu já chamei a atenção no briefing de que, se alguém passa na frente e uma borracha dessa vem voando para cima, parece um tiro quando bate no capacete.”

O piloto da Williams revelou que já foi atingido por uma dessas ‘balas de borracha’.

“Talvez a gente tenha que projetar luvas parecidas com as de motoqueiro, que têm carbono no dedo. Outro dia voou um pedaço desse no meu dedo e doeu. Dependendo de como pegar, pode ser que a gente tenha problemas.”

De acordo com o brasileiro, a fornecedora de pneus está se mexendo para resolver o problema, mas ainda não para Istambul.

“Foi uma coisa que eu trouxe à tona. Se bem que a Pirelli quer melhorar o que eles chamam de marbles, esses pedaços de pneu que estarão pela curva oito inteira em Istambul.”

(colaborou Luis Fernando Ramos)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Turquia
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias