Barrichello sobre Mônaco: “Vi muito piloto agitado”

Brasileiro elogia desempenho de Maldonado, que abandonou após ser atingido por Lewis Hamilton a poucas voltas do final, quando era sexto

Barrichello e Maldonado em Mônaco

Rubens Barrichello marcou os dois primeiros pontos da Williams, apenas na sexta etapa do campeonato. Mas poderiam ser muito mais, pois Pastor Maldonado, que largara em oitavo, vinha correndo em sexto até ser atingido por Lewis Hamilton a quatro voltas do final do GP de Mônaco.

Falando ao TotalRace, o piloto brasileiro elogiou a performance do companheiro de equipe.

“O Maldonado andou super bem este final de semana inteiro. É uma pena que ele não tenha chegado ao final. Com a experiência, você até pensaria em perder uma posição para dar mais pontos para a equipe. Mas não sei, não vi o acidente para dizer como foi.”

Barrichello, que correu pela 19ª vez em Mônaco, observa que a degradação dos pneus Pirelli foi fundamental para vermos tanta ação no Principado.
“Vi muito piloto agitado [durante a corrida] e os pneus dão essa chance. No começo da prova, com o Schumacher andando devagar, há essa possiblidade de ultrapassar e você tem que achar um buraco onde não cabe, praticamente.”

Por outro lado, o piloto brasileiro salienta que algumas manobras podem dar errado.

“Essa é a história da F-1 de agora. Ela promove algumas ultrapassagens no Principado de Mônaco, onde não cabe uma ultrapassagem, e tem muita batida.”

(colaborou Felipe Motta, de Mônaco)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Rubens Barrichello , Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias