Barrichello vê motores Mercedes perdendo com novas regras

Brasileiro observou queda de rendimento dos times equipados com propulsores alemães já em Valência, e espera mais mudanças em Silverstone

Barrichello acredita que Williams será uma das menos prejudicadas

O regulamento pode ter começado a mudar em Valência, com a proibição das modificações do mapeamento de motores entre a classificação e a corrida, mas ficou claro, com mais uma vitória de Sebastian Vettel, que a alteração não revolucionou a ordem das equipes. No entanto, Rubens Barrichello observou ao menos um fornecedor de motores perdendo rendimento.

“A grande mudança do regulamento se dará na próxima corrida. É em Silverstone que a gente vai saber a verdade sobre isso tudo. Valência não foi nada, mas acho que já deu para ver a queda da performance da Mercedes. Algo deve tê-los afetado bastante, porque não estão mais tão perto dos carros da frente. Em contrapartida, o motor Renault talvez não tenha sido tão prejudicado.”

A Williams já testou o carro dentro das regras que entram em vigor a partir de Silverstone – e o piloto brasileiro não sentiu muita diferença no rendimento.
“Testamos no final de semana de Valência, desligando o acesso do gás que sai para o difusor. Para nós, piora, mas não tanto. A realidade é que eu espero que a gente seja um dos menos prejudicados, porque o nosso sistema não é tão eficiente.”

Mesmo assim, Barrichello não arrisca dizer quem vai perder ou ganhar mais com as mudanças.

“Dito isso, a verdade é que ninguém sabe o que realmente acontecerá com a F-1 até todos os testes serem realizados em Silverstone, porque é impressionante como as pessoas podem surgir com tecnologias novas que serão banidas em três meses no futuro. Tem muita coisa para acontecer ainda.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias