Bernie exalta Vettel, o compara a Schumacher e critica Alonso

Inglês diz que atual campeão tem adversários mais difíceis que o heptacampeão, e afirma que Alonso não representa bem a F-1

Sebastian Vettel e Bernie Ecclestone

Em entrevista ao site oficial da F-1, Bernie Ecclestone também se derreteu em elogios a Sebastian Vettel e foi além: sua dominação é maior que a de Michael Schumacher na F-1.

O chefão da categoria comparou a temporada atual do piloto da Red Bull com o ano de 2004 de Michael Schumacher. Segundo o dirigente, os rivais de hoje são bem mais complicados que os enfrentados pelo heptacampeão.
 
"A competição que Sebastian está enfrentando é muito maior que a confrontada por Michael. Isso faz das vitórias de Seb mais notáveis ainda. Não vejo motivos para que não aconteça uma era Red Bull como a da Ferrari com Michael", afirma.
 
"Sebastian está em uma posição similar à de Michael. Ele está em seu melhor momento e por isso domina; por isso que os fãs se interessam, pois cada fim de semana começa com uma grande pergunta: quem será capaz de bater Vettel? Por isso os fãs sintonizam", analisa.
 
Segundo Ecclestone, Vettel possui grande personalidade e é o representante ideal da F-1, fazendo nesta declaração uma crítica a Fernando Alonso.
 
"A primeira coisa é que não gosto que alguns dos pilotos fiquem embaixo da saia das equipes e seus patrocinadores. Com Sebastian é diferente. Ele é dono de si, o que acontece pelo fato de a Red Bull e Didi Mateschitz permitirem", destaca.
 
"Todo piloto de F-1, especialmente o campeão, merece seu sucesso, dinheiro e popularidade. Por isso que precisamos dar algo em troca, sermos abertos e acessíveis. Por isso reclamei de Fernando Alonso, que, em minha visão, não representa bem a F-1", completa Ecclestone.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias