Boullier cita Massa e Hülkenberg para lugar de Kimi

Dirigente também não assegura Grosjean na equipe em 2014: "Na minha posição, preciso considerar todas as opções, infelizmente"

Após perder a batalha por Kimi Räikkönen para a Ferrari para a temporada de 2014, o francês Eric Boullier, diretor da equipe Lotus, se disse focado para este fim de semana em Marina Bay. Página virada, o dirigente diz considerar para o lugar do finlandês o brasileiro Felipe Massa e o alemão Nico Hülkenberg.

“Temos Hülkenberg. E Felipe também precisa ser observado pelo que fez na carreira, seu potencial e o que pode trazer para a equipe. Você quer um piloto que te leve pra cima. Se você acha um campeão do mundo ou encontra um piloto que você sabe que rende, você tem de assinar ”, falou ao TotalRace em Cingapura.

Questionado pelo TotalRace, o dirigente também não garantiu 100% o francês Romain Grosjean no time, embora tenha contrato. “Na minha posição, preciso considerar todas as opções, infelizmente. Mas Romain tem um contrato conosco e nas últimas corridas vem andando junto com Kimi. Me parece que ele evoluiu e neste fim de semana ele também está indo bem. Se ele se mantiver fazendo isso, terá uma bom futuro na F-1.”

Alvo de boatos na McLaren, Fernando Alonso também foi considerado por Eric. “Se Alonso quiser voltar, eu vou pegar ele lá na porta em Maranello”, disse em tom de brincadeira.

Afirmando que não sente amargura por não ter mais Kimi em seu time a partir da temporada que vem, Boullier lembrou de sua história com o finlandês e se mostrou orgulhoso.

“Estou desapontado, mas não de forma amarga. Temos de ver a imagem de uma forma geral”, disse.

“Há dois anos ele [Räikkönen] estava no rali e nos unimos. Dois anos depois podemos ficar felizes com o que conseguimos juntos. Foi bom para o Kimi, porque hoje ele é um dos pilotos mais disputados do pit lane. Ele tem uma grande oportunidade com a Ferrari e conosco também. Tivemos boas temporadas em 2012 e 2013, e uma boa história. E como toda história, é melhor que acabe antes que fique ruim.”

No entanto, Boullier desaprovou a atitude de Kimi de dizer que a equipe lhe devia dinheiro.

“Há algumas situações que você não quer ver se tornando públicas, quer deixar apenas com você. O fato é que devemos dinheiro a Kimi, mas será pago. No ano passado aconteceu o mesmo. Atrasamos ao pagar Kimi, mas no fim do ano ele foi totalmente pago. Estamos no Top 4 das equipes hoje, e às vezes temos dificuldades com dinheiro. Mas temos prioridades, e a prioridade é nosso pessoal em Enstone”, finalizou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Felipe Massa , Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias