Boullier se diz confiante de que Raikkonen fica na Lotus

Chefe da equipe minimiza efeitos da saída de James Allison e salienta que time tem o ambiente perfeito para o finlandês

Com a missão de convencer Kimi Raikkonen a negar a proposta da Red Bull e continuar na Lotus, Eric Boullier se mostra otimista de que o time de Enstone tem o ambiente e o carro necessários para manter o finlandês.

“Estou muito otimista. Há muita discussão na imprensa, a maior parte dela irrelevante. A questão é fazer com que Kimi se sinta suficientemente confortável e feliz em ficar”, afirmou ao blog de James Allen. “Parte disso está feita. Ele conhece a equipe e o ambiente. Agora temos de lhe dar o pacote certo. É aí que ele vai tomar sua decisão.”

O chefe da Lotus reconheceu que a saída do diretor técnico James Allison, que foi para a Ferrari, foi uma surpresa, mas acredita que o time pode se recuperar rapidamente.

“Foi um grande choque na mídia e também aqui. James era um cara respeitado tanto tecnicamente, quanto como pessoa. A estrutura técnica de Enstone já é horizontal, então, mesmo que a saída de James seja dura, podemos nos recuperar rapidamente.”

Confiante de que seu corpo técnico responderá bem à saída do engenheiro, Boullier acredita que a equipe continuará crescendo na próxima temporada, quando haverá uma extensa mudança de regulamento.

“Sinto-me muito otimista simplesmente porque começamos a trabalhar cedo no projeto do ano passado. No meio do ano passado já tínhamos um grupo totalmente dedicado a 2014. Temos ainda uma relação forte com a Renault e ter um fornecedor de motores trabalhando de maneira próxima é muito importante para simular o que podemos esperar para o ano que vem.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias