Briatore pede mudanças nos regulamentos da F1

Ex-chefe de equipe deixou claro sua insatisfação com os atuais motores da categoria, além de pedir mudanças nos regulamentos

Flavio Briatore pode não ter o melhor dos prestígios para muitos, mas permanece envolvido no mundo da Fórmula 1. Mesmo após o escândalo que também envolveu o brasileiro Nelsinho Piquet, ele ainda é próximo de pessoas de peso da categoria, como Bernie Ecclestone, e assessora Carlos Ghosn, CEO da Renault na F1.

Neste fim de semana ele falou sobre o momento atual da F1, sobretudo os motores:

"O mundo está mudando agora", disse à rede Sky Sports. "Você tem esses novos motores. Novos motores, novo problema."

"Esses motores criaram uma situação na F1 totalmente desestabilizadora. Espero que a Renault, se voltar à categoria como equipe, tenha um financiamento para apoiar esse programa. Quanto mais se investe em tecnologia, mais se tira o poder de decisão dos pilotos."

"O público quer ver os pilotos lutando. O motociclismo, por exemplo. É um esporte quando vemos Rossi e Marquez. Na F1 você ouve no rádio: 'Tome cuidado, você está usando muito combustível...' Nós chamamos isso de campeonato de pilotos, não campeonato de motores."

"Vamos ver, mas não será fácil para a Renault ser competitiva a curto prazo."

Briatore disse que gostaria de ver a Renault, que está em negociações para assumir a Lotus, permanecer no esporte.

"Eu adoraria. É bom para a F1. A Renault é uma grande marca. Mas eu acredito que as regras precisam mudar, principalmente no que diz respeito aos motores. Seria muito mais fácil para que todos possam participar da categoria."

Mas o italiano acredita que as críticas públicas que a Red Bull fez em cima da companhia não foi boa para a marca.

"Na F1 as pessoas esquecem as coisas muito rapidamente. A Red Bull ganhou alguns campeonatos com a Renault. Agora eles não são mais competitivos e o motor leva toda culpa."

"Então, para a Renault restou a parte ruim da fama. Se você quer os maus resultados como estes, não é saudável continuar a ser fornecedor de motores."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags renault