Briga com Vettel não custou a vitória, acredita Raikkonen

Finlandês admite que perdeu tempo atrás do alemão logo após sua segunda parada, mas acha que não era páreo para Alonso

Logo após ter saído de seu segundo pit stop, Kimi Raikkonen encontrou pela frente um Sebastian Vettel decidido a não aliviar durante o GP da Espanha. O finlandês travou uma intensa briga por três voltas com o alemão até conseguir realizar a manobra. No entanto, perdeu tempo em relação ao líder Fernando Alonso, que tinha pista livre.

Porém, mesmo se não tivesse encontrado o tricampeão pelo caminho, Raikkonen acha que sua Lotus não era páreo para a Ferrari. “Obviamente eu tinha de ultrapassá-lo e demorou algumas voltas a mais do que eu esperava para conseguir, mas depois que o superei consegui abrir bastante. No final das contas, não acho que isso decidiu a história da corrida.”

O finlandês acredita que o ritmo da Lotus era tão bom que seria possível ser competitivos mesmo com quatro paradas, a exemplo dos rivais.

“Acho que tínhamos a velocidade, mas deveríamos ter feito de outra maneira. Talvez com mais pit stops, para que pudesse forçar por todo o tempo – mas talvez acredito que esse era o melhor jeito para nós. Era o que planejamos e o que fizemos e acho que merecíamos o segundo lugar, e não a vitória, hoje. Na próxima tentaremos ser melhores.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias