Britânicos culpam Vettel por queda na venda de ingressos

Organizadores do GP local dizem que vitórias do alemão prejudicam vendas, que estão 10% abaixo de 2012

Os organizadores do GP da Grã-Bretanha culpam Sebastian Vettel pela queda nas vendas de ingressos para a prova deste ano. Mesmo com o caos ocasionado pelas más condições de estacionamentos e acessos após as chuvas que marcaram a edição do ano passado, os britânicos relacionam o movimento mais fraco nas vendas às duas vitórias do alemão nas quatro primeiras etapas do ano.

De acordo com o diretor administrativo de Silverstone, Richard Phillips, as vendas de ingressos estão 10% abaixo em relação ao ano passado, quando a prova reuniu 297 mil espectadores nos três dias de atividades de pista. O GP da Grã-Bretanha teve o maior público do ano, com um recorde de 127 mil pessoas no domingo.

“Se você olhar os ciclos de vendas de ingressos, observamos que nas segundas-feiras depois dos GPs há a tendência de haver um pico. No final de semana em que Lewis Hamilton esteve no pódio [na China] houve um bico, enquanto quando você vê Vettel ganhando esse pico é menor”, justificou Phillips. “Acho que as vendas vão depender do que não estiver ligado a Vettel.”

O diretor afirmou que, com os ingressos vendidos até agora, o evento já se pagou. No entanto, é preciso aumentar a comercialização para recuperar os 40 milhões de libras (equivalente a quase 125 milhões de reais) investidos com as melhorias feitas em Silverstone nos últimos cinco anos, incluindo as obras para prevenir os problemas enfrentados ano passado após as chuvas.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Tipo de artigo Últimas notícias